Como o padrão de consumo mudou durante a pandemia?

O comportamento das pessoas na hora de fazer suas compras mudou neste último ano. Comparando com os hábitos registrados antes da pandemia, com os dados dos últimos doze meses, vemos que o padrão de consumo mudou conforme as pessoas migraram da compra física para a compra virtual. Conforme falamos aqui no blog, conquistar a confiança do cliente e oferecer boas experiências tem como consequência a fidelidade do consumidor, mas também cria expectativa para o momento após a pandemia.

Todos esperam pela hora que a fase de restrições e distanciamento social diminua. Para se manterem funcionando e faturando nesse período, as lojas mudaram também a forma de entrega e ofereceram mais flexibilidade para facilitar a compra de um cliente que prioriza o distanciamento neste momento. Porém, segundo um estudo da Adyen, empresa holandesa de pagamentos focada em e-commerce, 91% dos consumidores esperam que isso se mantenha de alguma forma após a pandemia.

Ainda segundo o relatório da Adyen, as empresas que se movimentaram e adicionaram como opção para os consumidores fazerem compras tanto nas lojas físicas quanto de maneira virtual, puderam perceber que seus clientes gastaram 40% a mais. Os sites multicanais se destacam durante a pandemia, pois são os preferidos da clientela já que oferecem mais opções de compra.

Além disso, assim como o lojista se preocupa em como montar seu ponto de venda, com o lugar das prateleiras, e quais produtos merecem mais destaque, o mesmo acontece com o site. Transformar seu e-commerce em um site apresentável e chamativo acaba proporcionando mais vendas.

O estudo da Ayden indica que 68% dos consumidores se preocupam com a forma como os produtos são apresentados dentro do site, e que o layout do e-commerce faz a diferença na hora da decisão da compra. Da mesma forma que uma vitrine bonita os fariam entrar na loja física, um site atrativo também influencia no momento da decisão da compra.

Além disso, a facilidade de navegar no site, poder escolher os produtos desejados de maneira simples e direta, fechar um pedido de maneira descomplicada tornam a experiência do usuário muito melhor e leva o usuário a retornar ao site ou a escolher comprar naquele momento o produto.

É muito importante escutar o consumidor e como ele enxerga essas mudanças que aconteceram durante a pandemia. Entendendo as necessidades dos clientes, as empresas podem oferecer serviços cada vez mais completos e personalizados.

Para o Gimba, o nosso objetivo é estar atento para sempre oferecer novas propostas e opções de compras aos nossos clientes. Quer saber mais sobre o estudo? Acesse aqui e leia o relatório completo:

Deixe uma resposta