Operação Logística Ideialog e BIC

CD-IDEALOG-GIMBA

Em 2014 começou a parceria entre o operador logístico do Gimba, a Ideialog e a BIC. A empresa atua no segmento de papelaria, barbeadores e acendedores. Com sua sede na França, está presente em mais de 160 países. A marca Pimaco também faz parte do grupo desde 2006. A Ideialog, com mais de 15 anos de mercado, investe em tecnologia de ponta para agilizar processos de atendimento e distribuição de diversos tipos de materiais personalizados, promocionais, eletrônicos e operações e-commerce. Possui 50.000 m² de armazenagem, com 300 funcionários e 250 veículos monitorados e rastreados por satélite. Em média são feitos 9.000 pedidos e 80.000 SKU’s separados por dia. São realizadas as operações da: Gimba, BIC, Verzani Sandrini, DHL, SulAmérica e Diskpar, além da transportadora TansTruck.

A ideia foi unir forças para suprir a demanda de entrega que a BIC tem em todo o Brasil e exportar para os países onde possui operações, como: México, Colômbia, Chile, Paraguai, Uruguai, Argentina e Bolívia. Seus produtos são armazenados e distribuídos diariamente dentro de um plano logístico personalizado.

Antes, a marca ocupava um galpão de 7,5 mil metros quadrados, e no Centro de Distribuição da Ideialog ocupa 3,5 mil metros, movimentando mais de 1 milhão de volumes por ano. A BIC possui um parque industrial na zona franca de Manaus/AM, e terceiriza sua produção para empresas localizadas fora do país, como Grécia, Tailândia e China. No processo de entrada desses produtos, eles são embalados e enviados ao nosso CD, localizado em Barueri/SP, que os recebe e armazena, para distribuir conforme demanda de compra. Atualmente, a BIC movimenta mais de 1 milhão de volumes ao ano. O valor de estoque atual é de R$14 milhões, sendo 400 mil caixas armazenadas, 2.100 metros cúbicos por mês de armazenagem e aproximadamente 300 itens no portfólio.

Essa união abriu outras frentes para o Gimba também com a marca, que começou a vender os seus produtos de forma unitária, o que permitiu maior aproveitamento e volume de vendas. “Naquele momento, a ideia era atingir clientes menores que não conseguiam comprar o volume de uma caixa completa de um único item. Esse fracionamento nos deu a oportunidade de melhorar e atender de forma muito mais assertiva as expectativas de nossos clientes com este perfil. E, neste momento, o know-how da Ideialog fez toda a diferença neste processo de separação de mercadorias num grau mais fracionado”, afirma André Oliveira, gerente de logística da BIC.

Vagner Senhorini, diretor de logística da Ideialog, lembra que a BIC sempre trabalhou com a distribuição de caixas fechadas, mas, para atender novos clientes, passou a buscar um perfil de operação fracionado. “A Ideialog, por sua vez, já tinha essa expertise e experiência com distribuição de produtos fracionados. Logo, as duas empresas enxergaram na parceria uma oportunidade para expandir seus negócios, o que acabou sendo satisfatório para ambos.” A empresa entendeu que poderia aumentar sua produtividade e planejar melhor seu crescimento se optasse por um modelo de Operação Dedicada.

Nesse contexto, a operação BIC foi apartada concentrando todas as atividades em um único local, recebendo atendimento exclusivo no que se referia a equipamentos, áreas e equipe. “Em 2016, face à situação econômica do país, quando diversas empresas sofreram queda em suas receitas, a BIC, também se sentindo afetada, solicitou alteração do modelo de Operação Dedicada para Operação por Metragem Cúbica. Desta forma abriu mão da exclusividade, permitindo que a Ideialog pudesse incrementar em sua operação outros clientes, um modelo que permanece até hoje”, afirma Senhorini.

Essa parceria desenvolveu pontos estratégicos e de expansão para ambas as empresas que seguem crescendo com colaboração e sinergia.

Deixe uma resposta