Como a inclusão escolar pode ser feita com as aulas à distância?

Os pais, alunos e professores tiveram que se adaptar à nova rotina de estudo das crianças e adolescentes com as aulas online. Apesar das aulas terem voltado ao presencial para a maioria das escolas particulares, esse novo momento da pandemia retorna a fase dos estudos à distância e com a supervisão dos pais ou responsáveis pelos estudos dos alunos.

Para uma educação inclusiva, os produtos que são utilizados na escola também podem ser utilizados em casa. É importante prestar atenção em itens que facilitam a rotina e para que os alunos se sintam verdadeiramente incluídos e representados no ambiente escolar. São vários produtos que passam essa mensagem, e aqui vamos deixar destacados alguns. Quer saber quais são? Veja mais abaixo:

Giz Líquido

São os gestos simples que transformam o mundo das crianças. O giz líquido e os professores que escolhem esse produto para conduzir as aulas deixam o dia a dia de quem apresenta problemas cognitiva (dificuldade no processamento de informações, afetando memória, atenção e raciocínio) mais fácil de assimilar as informações passadas em aulas, além de ajudar na memorização do conteúdo. As cores diferentes do giz líquido podem ser utilizadas a favor do professor, que pode padronizar cores para etapas das aulas (teóricas e práticas) e facilitam a associação da informação com a prática dele.

Representatividade nas cores

Essa dica é mais conhecida e que já é aplicada na maioria das escolas e rotinas. Usar lápis de cores que representam as várias tonalidades de cor de pele, significa transformar o ambiente escolar em um lugar de igualdade e representatividade. Com cores para indicar todos os alunos em uma sala de aula, todos se sentem incluídos naquela atividade e promove a diversidade nas escolas também.

Tesoura vai e vem

Para quem tem dificuldade na coordenação motora, a tesoura “vai e vem” revolucionou a forma como é utilizada nas instituições escolares. Os benefícios também se estendem para os canhotos, já que não encontram com facilidade produtos específicos para eles. A tecnologia “abre e fecha” dá a liberdade para que as pessoas com níveis distintos de coordenação motora possam utilizar o produto sem problemas.

Cadernos pontilhados

Pensando não só nos destros, mas também nos canhotos, os cadernos que oferecem quadriculados maiores e com modelos com pautas largas são destinados a pessoa que tem dificuldade motora e capacidade visual reduzida. São vários exemplos que podem transformar a rotina escolar de quem não se sente incluído nos materiais escolares.

Você já sabia de alguma dessas dicas? Se conhece alguém para indicar os produtos, visite o site do Gimba garanta esses e mais itens para a rotina escolar, do escritório e da casa também e faça suas compras!

Deixe uma resposta