Comodidade e praticidade: você sabe como atrair clientes durante a pandemia?

Muito tem se falado na mudança de comportamento do consumidor durante a pandemia. Esse assunto já foi tópico aqui no blog, mas é importante estar sempre atento em como essas mudanças podem se tornar oportunidades. Com as pessoas ficando cada vez mais em casa, e se preocupando com o distanciamento social e a higienização dos locais em que fazem suas compras, as empresas precisam começar a pensar em opções para atraírem novos clientes.

Os aplicativos de compras se tornaram parte da rotina, e a maioria das pessoas já passaram a comprar seus itens básicos do dia a dia de forma online, na expectativa de receber no mesmo dia, ou em um prazo muito mais curto. Oferecer produtos com essa disponibilidade e imediatismo conquista novos clientes que precisam dos itens de última hora. Segundo um relatório divulgado pela Adyen (empresa de pagamentos holandesa com foco em e-commerce), 63% dos consumidores pediram por alimentos via aplicativos delivery.

Além disso, 67% das pessoas aderiram a essa forma de compra durante a pandemia, sendo que desse número, 74% deles tem entre 18 e 34 anos, e afirmaram comprar mais por este canal de venda. As empresas multicanais puderam perceber que seus clientes acabam gastando 40% mais quando oferecem opções integradas.

E como praticidade e comodidade podem ser transformadas em ações? Entregar com prazos rápidos e até imediatistas, com novas opções de retirada, pagamentos a distâncias ou por aplicativos, pode atrair cada vez mais novos consumidores para seu negócio. Entender a necessidade e com quais produtos do seu core business sua empresa pode tornar flexível é a chave para o sucesso nesse momento.

Isso é sustentado com mais um dado do relatório da Adyen, que mostra que o 50% dos varejistas que adotaram um sistema multicanal e unificado conseguiram manter um volume de transações em 2020. É importante se reinventar e observar as adversidades como novas oportunidades para adotar uma nova forma de transformar o seu negócio.

O resultado não poderia ser diferente: 45% das pessoas que tiveram uma boa experiência online estão menos inclinados a escolher as lojas físicas como a primeira opção de compra no futuro. Isso indica como o comportamento dos consumidores muda conforme sua experiência de compra, e também como os varejistas podem reagir a essa novidade.

Acompanhe o blog para saber mais notícias interessantes para sua empresa e como pode transformar seu dia a dia com nossas dicas.

Deixe uma resposta